Produquímica lança três soluções para aumentar produtividade das lavouras

Integrando no portfólio do Programa Supera, a Produquímica apresentou a mais de 220 consultores agrônomos em um evento em Itupeva, interior de São Paulo, três soluções inovadoras para lavouras. Esses produtos são fertilizantes de solo, fertilizantes foliares e biofertilizantes, que estimulam o metabolismo vegetal e aumenta a capacidade de absorção da água e dos nutrientes, reduzindo os efeitos causados pelos estresses que afetam as plantas.

O programa conta com mais três opções que estão à disposição dos produtores: Phusion, Up! Seeds eTranslok.

O Phusion é o resultado da fusão de três tecnologias e 7 nutrientes, disponíveis na boca da planta, o que proporciona maior eficiência nutricional com elevada concentração de Fósforo, Enxofre, Nitrogênio, Boro, Zinco, Cobre e Manganês. É uma combinação da tecnologia Maxxi-Phos, que promove maior liberação e disponibilidade de fósforo para o sistema radicular; da tecnologia Microsol, com quatro micronutrientes, boro, zinco, cobre e manganês, 100% solúveis e protegidos em um único granulo e com liberação gradual; e da tecnologia Sulfurgran, que traz enxofre com liberação gradual, disponível durante todo o ciclo da cultura.

O Up! Seeds reúne tecnologias de estímulo via semente para altas produtividades. Os benefícios são transferidos uniformemente, pelo recobrimento das sementes, o que potencializa o crescimento do sistema radicular e a formação dos nódulos. Ele favorece a absorção de nitrogênio desde o processo de germinação, pois tem pH ideal, que ajuda o estabelecimento das bactérias fixadoras de nitrogênio, e oferece maior tolerância a veranicos e eficiência na extração de nutrientes. Ele ativa os nódulos desde o início para atender a demanda de nitrogênio já no florescimento.

Por último, o Translok é uma tecnologia exclusiva para ajudar a planta no processo de enchimento de frutos e de grãos. Os fundamentos científicos que suportam esse tipo de nutrição foliar baseiam-se no fato de que do início do estádio reprodutivo até a maturação, a atividade radicular e absorção diminuem e, ao mesmo tempo, aumentam a translocação de nutrientes das folhas para frutos e grãos em formação. O produto aumenta a síntese de sacarose, a principal forma de açúcares dentro da planta, além de fornecer nutrientes e tensoativos que atuam em conjunto para promover maior disponibilidade de energia para a planta e redução de estresses fisiológicos comumente encontrados em condições de campo nesta fase das culturas, resultando em frutos e grãos mais pesados e assim cooperando para maior produtividade.