CompareComparando...

Case CX220C: ideal para colheita de madeira e reflorestamento

A escavadeira hidráulica CX220C versão florestal, para colheita de madeira de reflorestamento, como pinus e eucalipto, acaba de ser lançada pela Case Construction Equipment. O projeto foi desenvolvido para atender à demanda de colheita de madeira de reflorestamento, utilizada principalmente pela indústria de celulose. De acordo com a direção executiva da fabricante, a escavadeira hidráulica passou por modificações e ajustes para se adequar à esta aplicação. Com um processador Harvester, um implemento diferenciado desenvolvido por uma empresa parceira, acoplado na extremidade do braço, o conjunto derruba, corta as toras com comprimentos programados e, se necessário, descasca a madeira colhida.

O modelo possui também proteção em toda sua estrutura para evitar danos causados por queda de galhos. A cabine do operador é protegida por grades na parte superior e frontal, além de um vidro blindado de 12mm que garante a integridade do operador em caso de quebra da corrente de corte da serra. A média de produção do equipamento em terrenos planos é de 160 árvores por hora, nas operações de derrubada e corte a cada três metros, em toras de 0,25 metros de diâmetros. Nas operações de descasque, somente para eucalipto, chega a 140 árvores por hora. A escavadeira hidráulica CX220C, de 22 toneladas, representa a maior fatia das vendas de escavadeiras da CASE, que disponibiliza para o Brasil oito modelos entre 8 e 81 toneladas. Uma das razões da preferência é a capacidade de adaptação do equipamento às aplicações, das leves às mais pesadas.